NeoVacinas
HOME Quem somos A clínica Vacinas Perguntas e respostas Calendários Aos profissionais email
Cuidando da Família
postagem selecionada
Vacina Gripe Tetravalente 2018
postado na data de: 20/04/2018
Vacinas

A influenza (gripe) é causada por mais de um tipo de vírus influenza, classificados como A e B e cada um possui subtipos. Os subtipos A que mais freqüentemente infectam os humanos são: A/H1N1 e A/H3N2. Já os subtipos B são classificados como de linhagem Victoria e Yagamata.

A influenza (gripe) é uma doença respiratória que pode causar complicações e levar ao óbito, especialmente nos indivíduos que apresentem fatores de risco para complicações: crianças menores de 5 anos, gestantes, adultos com 60 anos ou mais, e indivíduos que apresentem doenças crônicas, especialmente doenças cardiorrespiratórias, obesidade, diabetes, síndrome de Down e imunossupressão.

Como são as vacinas influenza?

No Brasil, as vacinas disponíveis são todas inativadas (de vírus mortos), portanto sem a capacidade de causar a doença.

Até 2014 estavam disponíveis no Brasil apenas as vacinas trivalentes, contendo uma cepa A/H1N1, uma cepa A/H3N2 e uma cepa B (linhagem Yagamata ou Victoria).

As novas vacinas licenciadas desde 2015 contemplam além dessas três cepas, uma segunda Cepa B, contendo em sua composição as duas linhagens da cepa B: Yagamata e Victoria. Assim como as trivalentes, as vacinas quadrivalentes são inativadas e não possuem coadjuvantes em sua composição.

Qual a importância das vacinas quadrivalentes?

Desde o ano de 2000, vem se observando em todo o mundo, inclusive no Brasil, a co-circulação das duas linhagens de vírus influenza B (Yagamata e Victoria) num mesmo ano. Nesse mesmo período, em cerca de 50% das temporadas de circulação de vírus, a linhagem B contida na vacina não foi coincidente com a que predominou como causa de doença na população. Esse não pareamento pode reduzir consideravelmente a efetividade da vacina numa determinada estação.

Houve alguma mudança de cepa para o ano de 2018?

Em 2018, as vacinas trivalente e quadrivalente terão uma nova cepa A/H3N2 (Singapore), que substituirá a cepa A/H3N2 (Hong Kong) presente no ano anterior.

Qual a vacina da Campanha Nacional do Ministério da Saúde e período da campanha?

Em 2018, o Ministério da Saúde, lança a 20ª Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza, no período de 23 de abril á 01 de junho de 2018, sendo dia 12 de maio o dia de mobilização nacional.

Será utilizada a vacina trivalente contento uma cepa A/H1N1, uma cepa A/H3N2, e uma cepa B linhagem Yagamata. Salienta-se que ocorreram duas mudanças em relação ao ano de 2017: Cepa A/H3N2 Hong Kong e B Brisbane/60/2008-like (linhagem Victoria).

Eventos adversos

Eventos adversos mais freqüentes: dor, vermelhidão, e endurecimento em 15 a 20% dos vacinados. Essas reações costumam ser leves e desaparecem em até 48-72 horas.

Em caso de sintomas não esperados: febre muito alta e persistente, reação exagerada, irritabilidade extrema, dor abdominal, recusa alimentar, sangue nas fezes, e outros, procurar imediatamente o médico ou emergência para que sejam descartadas outras causas, pois a princípio não são relacionadas à vacina influenza.

Referência:
Informe Técnico 20º Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza. Brasília, abril de 2018.
Nota Técnica 06/04/2017 Vacinas Influenza no Brasil em 2018. Isabella Ballalai, Renato Kfouri, Juarez Cunha, Mônica Levi e Ricardo Feijó
Influenza (Gripe) Autor: Dr. Julival Ribeiro – HBDF Revisão: Dra. Nancy Bellei – DIP/UNIFESP


compartilhe
relação de postagens
subir: voltar para o topo da página
BOTAFOGO
Rua Real Grandeza, 139 sala 307 - Rio de Janeiro - RJ - CEP 22281-033
Telefone: (21) 2537-3595 - Celular: (21) 99520-5594 - Fax: (21) 2535-5038
Funcionamento: de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h, e sábado, das 9h às 14h.
mapa de localização
e-mail: neovacinas@neovacinas.com.br
Clínica de Vacinação Rio de Janeiro - Qualidade em Vacinas
HOME CUIDANDO DA FAMILIA email